FAQ (Perguntas frequentes)

    • Quem somos?

      Criada sob os pilares da ética e no profissionalismo, a CAMAJUS tem como missão difundir a arbitragem como instrumento de acesso à justiça. Nosso objetivo é permitir que qualquer pessoa possa ter seus litígios resolvidos por especialistas, de forma rápida e sigilosa, utilizando instrumentos modernos que dêem segurança e comodidade aos usuários, tudo isso a um preço justo. Para tanto, a CAMAJUS utiliza-se da plataforma , responsável pelo processo arbitral eletrônico, ferramenta que permite ao usuário de qualquer lugar conduzir sua lide arbitral. Além do sistema eletrônico, a CAMAJUS também é responsável por capacitar seus árbitros através de cursos de atualização constantes, dentro de plataforma de ensino à distância.

    • O que é o Camajus Virtual?

      Já pensou uma justiça virtual, rápida e fácil? Para isso, o Sistema Camajus Virtual foi criado, para que todas as fases do seu processo sejam seguras, rápidas, confiáveis e sobretudo, sustentáveis. Tudo é virtualizado, sem a necessidade de papel ou registros impressos: mais tempo para você focar no que importa! Fazemos tudo isso para organizar seus documentos virtuais e deixá-los em um só lugar.

    • Termos e condições de uso

      Nossos termos e condições de uso podem ser lidos através dessa página ou baixando-os em pdf.

    • Para quem os cursos são recomendados?

      Os cursos da Camajus são recomendados para todos aqueles que desejam melhorar suas habilidades no campo do direito, eventualmente capacitando-se ainda mais para o mercado da área, cada vez mais competitivo.

    • Como faço para me cadastrar em um curso da CAMAJUS?
    • Quais as formas de pagamento para a compra de um curso?

      Atualmente aceitamos apenas cartão de crédito. Os pagamentos por boletos estarão disponíveis em breve.

    • Como pedir reembolso por um curso comprado?

      Após a conclusão da compra de um produto, o comprador possui um prazo de até 7 dias para se arrepender. Em caso de arrependimento, o comprador deve acessar a página de reembolso e preencher um curto formulário com o nome e sobrenome do comprador, email do comprador, número da compra (código do pedido), e o motivo do reembolso(opcional). Entraremos em contato em seguida pelos nossos meios de comunicação para estornarmos o valor de sua compra.
      Saiba mais sobre as políticas de cancelamento e arrependimento nos nossos termos e condições para reembolso.

    • O que você e sua empresa tem que fazer para utilizar a Mediação e a Arbitragem?

      Basta entrar em contato com a CAMAJUS e solicitar orientação para a instauração do procedimento.

    • Qual a eficácia do acordo que possa decorrer da Mediação?

      O acordo obtido da Mediação, nela reduzido a termo, constituí-se título executivo extrajudicial, podendo, a critério das partes, ser homologado judicialmente, hipótese em que se converterá em título executivo judicial. A CAMAJUS sugere o seguinte modelo de cláusula de Mediação: As partes acordam que toda e qualquer controvérsia originada ou em conexão com o presente contrato, será submetida à Mediação Institucional, a ser instaurada de acordo com o Regulamento de Mediação da CAMAJUS.

    • Sobre a Câmara

      “A CAMAJUS é uma câmara arbitral com um propósito diferenciado”

      Criada sob os pilares da ética e no profissionalismo, a CAMAJUS tem como missão difundir a arbitragem como instrumento de acesso à justiça. Nosso objetivo é permitir que qualquer pessoa possa ter seus litígios resolvidos por especialistas, de forma rápida e sigilosa, utilizando instrumentos modernos que dêem segurança e comodidade aos usuários, tudo isso a um preço justo. Para tanto, a CAMAJUS utiliza-se da plataforma , responsável pelo processo arbitral eletrônico, ferramenta que permite ao usuário de qualquer lugar conduzir sua lide arbitral. Além do sistema eletrônico, a CAMAJUS também é responsável por capacitar seus árbitros através de cursos de atualização constantes, dentro de plataforma de ensino à distância.

    • O que é mediação?

      A Mediação é um método de resolução de conflitos onde um terceiro, neutro e imparcial, mobiliza as partes interessadas para um acordo. O mediador ajuda as partes a identificar e resolver as questões do conflito, buscando restabelecer o processo de comunicação e de avaliação de objetivos e opções. Dessa forma, não é um procedimento impositivo, mas estabelecido consensualmente para buscar mútua satisfação das partes envolvidas. Aplica-se inclusive a alguns direitos não solucionáveis pela Arbitragem.

      Solução de Controvérsias:

      As partes acordam que toda e qualquer controvérsia originada ou em conexão com o presente contrato, será submetida à Mediação Institucional, a ser instaurada de acordo com o Regulamento de Mediação da CAMAJUS. Se a Mediação instaurada não obtiver êxito no prazo regulamentar, a controvérsia, por solicitação de qualquer das partes, será convertida em Arbitragem a ser instaurada de acordo com o Regulamento de Arbitragem da CAMAJUS, por um Juízo Arbitral, composto por um Árbitro nomeado conjuntamente pelas partes, no prazo de 10 (dez) dias, contados da notificação às partes. Vencido o prazo e não havendo consenso quanto à nomeação do Árbitro Comum, será constituindo um Tribunal Arbitral, composto de 3 Árbitros, cabendo a cada uma das partes nomear um Árbitro, e a estes, no prazo de 05 dias seguintes, nomear conjuntamente o terceiro Árbitro que será o Presidente do Juízo Arbitral. Havendo recalcitrância das partes na composição do Tribunal Arbitral, este será composto na forma do regulamento da CAMAJUS.

    • Tabela de custas

      A parte demandante pagará o depósito inicial no valor de R$ 150,00 (cento e cinqüenta reais). O depósito inicial tem o propósito de convidar a parte contrária a participar de uma audiência de conciliação.

      Nos casos em que não há cláusula compromissória prévia, tem ciência a parte demandante que não há obrigatoriedade de comparecimento do demandado.

      Caso haja acordo entre as partes na audiência de conciliação, o(s) contratante(s) pagará(ão) a taxa de administração na câmara no percentual de 5% a 1%, incidente sobre o valor global do acordo.

      Se o acordo for de até 20.000,00, o percentual será de 5% (cinco por cento) ou valor mínimo de R$ 500,00 (quinhentos reais); De R$ 20.001,00 a R$ 50.000,00, 4% (quatro por cento) ou mínimo de R$ 1.000,00 (hum mil reais); De R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00, 3% (três por cento) ou mínimo de R$ 2.000,00 (dois mil reais); De R$ 100.001,00 a R$ 200.000,00, 2% (dois por cento) ou mínimo de R$ 3.000,00 (três mil reais); acima de R$ 200.000,00, 1% (um por cento) ou mínimo de R$ 4.000,00 (quatro mil reais).

      Caso não haja acordo e as partes optem pelo procedimento do Tribunal Arbitral, o(s) contratante(s) pagará(ão) a taxa de administração da câmara no percentual de 10% (dez por cento) a 2% (dois por cento), incidente sobre o valor da demanda arbitral.

      Se a demanda do procedimento do Tribunal Arbitral for de até 20.000,00, o percentual será de 10% (dez por cento) ou valor mínimo de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais); De R$ 20.001,00 a R$ 50.000,00, 8% (oito por cento) ou valor mínimo de R$ 2.000,00 (dois mil reais); De R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00, 6% (seis por cento) ou valor mínimo de R$ 4.000,00 (quatro mil reais); De R$ 100.001,00 a R$ 200.000,00, 4% (quatro por cento) ou valor mínimo de R$ 6.000,00 (seis mil reais); acima de R$ 200.000,00, 2% (dois por cento) ou valor mínimo de R$ 8.000,00 (oito mil reais);

      Caso não haja acordo e as partes optem pelo procedimento arbitral com apenas 01 (um) árbitro, o(s) contratante(s) pagará(ão) a taxa de administração da câmara no percentual de 10% (dez por cento) a 2% (dois por cento), incidente sobre o valor da demanda arbitral.

      Se a demanda do procedimento arbitral for de até 20.000,00, 10% (dez por cento) ou valor mínimo de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais); De R$ 20.001,00 a R$ 50.000,00, 8% (oito por cento) ou valor mínimo de R$ 2.000,00 (dois mil reais); De R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00, 6% (seis por cento) ou valor mínimo de R$ 4.000,00 (quatro mil reais); de R$ 100.001,00 a R$ 200.000,00, 4% (quatro por cento) ou valor mínimo de R$ 6.000,00 (seis mil reais); acima de R$ 200.000,00, 2% (dois por cento) ou valor mínimo de R$ 8.000,00 (oito mil reais);

      Caso não haja acordo e as partes optem pelo procedimento arbitral com 03 (três) árbitros, o(s) contratante(s) pagará(ão) a taxa de administração da câmara no percentual de 15% (quinze por cento) a 5% (cinco por cento), incidente sobre o valor da demanda arbitral.

      Se a demanda do procedimento arbitral for de até 20.000,00, 15% (quinze por cento) ou valor mínimo de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais); De R$ 20.001,00 a R$ 50.000,00, 12% (doze por cento) ou valor mínimo de R$ 3.000,00 (três mil reais); De R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00, 10% (dez por cento) ou valor mínimo de R$ 6.000,00 (seis mil reais); De R$ 100.001,00 a R$ 200.000,00, 8% (oito por cento) ou valor mínimo de R$ 10.000,00 (dez mil reais); Acima de R$ 200.000,00, 6% (seis por cento) ou valor mínimo de R$ 16.000,00 (dezesseis mil reais)

      Além dos valores acima mencionados, o contratante pode ter que pagar os gastos de viagem e outras despesas realizadas pelo Tribunal Arbitral ou pelos Árbitros, os honorários periciais, bem como qualquer outra despesa decorrente de assistência requerida pelo Tribunal Arbitral.

    • Modelo de Cláusula Arbitral

      CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA PADRÃO DA CAMAJUS

      Qualquer controvérsia, litígio ou conflito decorrente da interpretação, cumprimento ou execução do presente contrato serão definitivamente resolvidos por arbitragem, em conformidade com que consta no Regulamento de Arbitragem da CAMAJUS.

    • Sistema virtual de resolução de conflitos extrajudicial – conciliação, mediação e arbitragem

      A CAMAJUS disponibiliza para os usuários o serviço de arbitragem eletrônico e educação à distância. Em linguagem acessível, arbitragem significa justiça privada, onde os julgamentos ocorrem sem a necessidade de interferência de um juiz, um Tribunal. Na arbitragem o julgamento é feito por árbitros, pessoas qualificadas e aceitas pelas partes, que por autorização legal podem julgar o problema. Na arbitragem eletrônica, a CAMAJUS permite que o usuário, mesmo aquele que não tem uma cláusula compromissória prévia, possa convidar a outra parte para audiência de conciliação.

    • Negociação direta

      Formato Express – 100% mais rápido que o processo comum

      Liberdade de cadastro – cadastro simplificado apenas um nome / email / cpf

      Validação e confirmação de email de notificação e recebimento de notificação

      Cadastro em lote: cadastre, envie e notifique quantos usuários quiser em segundos

      Marcação 24 horas após a confirmação de participação

      Ambiente virtual especifico de negociação e conferência

    • Educação a distância

      A Educação a Distância caracteriza-se como modalidade educacional, na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem é realizada por meio das tecnologias de informação e comunicação com professores e estudantes em tempos ou lugares diversos.

      Vantagens

        Flexibilidade do tempo exigido para dedicar-se à formação, pois é possível acessar o ambiente de qualquer lugar e horário.
        Ampliação dos contatos, pois a rede de relações interpessoais extrapolam os limites geográficos.
        Respeito ao ritmo de cada um, pois cada um poderá acessar no tempo e quantas vezes considera necessário para aproveitar o conteúdo desenvolvido.
        Formas diferenciadas de interação.
        Conhecimento de novos recursos de aprendizagem.
        Desenvolve a capacidade de auto-organização e autonomia.
        Conteúdo atualizado e interativo, com versão impressa em alguns Cursos e disciplinas para apoio.